Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Segredo revelado

Segredo revelado

26.07.10

tanto tempo tem o tempo


segredo_revelado

O Homem é, desde o momento em que nasce , um animal de hábitos.

À medida que vamos aprendizando novas tarefas , acabamos por memorizá-las e por fazer delas um hábito. Há hábitos que aprendemos , mas que acabam por serem subtituídos por nvos hábitos mais adequados à nossa idade e às experiências vividas.

Ainda bebés, habituamo-nos à presença dos nossos pais. Eles estão sempre lá junto a nós. Habituamo-nos a , desde os nossos primeiros anos de vida , contar com a sua presença e ajuda para satisfazer as nossas necessidades mais básicas, fisícas e emocionais.

A mãe, a mulher que nos carregou no ventre durante 9 meses , é a protectora, a alimentadora, é a mão que nos embala  ou nos seca as lágrimas...

O pai também está sempre por perto , embora seja normal que esteja mais ausente , devido à maioria dos pais , especialmente na geração dos meus pais , ser a fonte de sustento da casa, ausentando-se dela para trabalhar.

E a mãe? A mãe acompanha o filho. É uma presença contínua na vida do filho, acompanhando muito mais de perto, sendo mais presente.

Sei bem que cada caso é um caso, mas , quase sempre , os filhos , menino ou menina , acabam por desenvolver uma relação mais forte e de maior proximidade com a mãe , prolongando no tempo a ligação umbilical que um dia os uniu.

Não sei se foi/é assim convosco , mas eu, apesar de gostar muito do meu pai , sempre tive uma relação mais próxima e mais forte com a minha mãe.

 

 

Ainda sou do tempo em que haviam muitas mães a tempo inteiro. A minha mãe era assim , uma mãe a tempo inteiro.O facto de ela ser doméstica e só trabalhar, fora de casa, em ocupações sazonais, fez com que pudesse ser uma mãe bastante presente.

Como eu disse logo no inicio deste post , ''O Homem é, desde o momento em que nasce , um animal de hábitos.''. E é assim até no que toca a hábitos associados a determinadas pessoas.

Desde sempre, ao longo de toda a minha vida, me habituei a ter uma mãe presente. Era um hábito tão habitual (grande redundância esta , eu sei), tão entranhado em mim , no meu dia-a-dia , que acabei por , inconscientemente , tomá-lo como garantido, como um hábito que se perpetuaria no tempo.

A nossa mãe e o nosso pai , apesar de o tempo também os afectar, apesar de terem todas as mesmas fragilidades corporais e emocionais de qualquer ser humano, apesar de serem 'pilares'' que sustentam a nossa existência, apesar de serem os nossos eternos e infalíveis heróis, não são eternos. Também adoecem e também morrem. Foi o que aconteceu com a minha mãe.

Eu já não era uma criança quando o cancro lhe bateu à porta, mas, hoje que, com alguma frieza e distanciamento, penso nisso, acho que até há pouco menos de 2 anos ,altura da sua morte , a julgava eterna.

Ok, eterna tlvez seja um exagero, mas , no minimo , nunca pensei (e acho que poucos filhos pensam) que a minha mãe morresse ainda antes de fazer 60 anos.

La está! Sou um animal de hábitos. Habituei-me a vê-la sempre bem , sempre forte e com saúde, sem grandes problemas de maior. Idealizei uma mulher, uma mãe, à prova de tudo.

Por não pensar sequer que a poderia perder tão cedo, deixei passar em branco a oportunidade de lhe dizer sempre o quanto a amava, o quanto lhe queria bem e lhe agradecia (e ao meu pai , claro) ser o homem que hoje sou. Quando se julga que temos tempo... que temos muito tempo junto daqueles que amamos, descuramos os pequenos gestos , as pequenas palavras...descuramos fazer-lhes sentir o quanto os amamos.

Se há coisa onde sinto que falhei como filho , ter guardado para o amanhã aquilo que poderia e deveria dizer no próprio momento , foi uma dessas coisas.

Durante muitos anos , mais precisamente durante 28/29 anos da minha vida, se há coisa que fiz mal - e sei que fiz muitas, mais ou menos importantes -  essa coisa foi ter deixado por dizer muitas palavras de carinho,apreço e admiração dirigidas, entre outras , à minha mãe.

Foram muitos anos... muitos meses... muitos dias...horas... de pequenos ''nadas'' , de pequenos erros.

No momento em que acordei , despertado pelo cancro que a minha teve e pela possibilidade de que ela sucumbisse às mãos dele, era tarde demais para dizer tudo o que em 29anos tinha deixado por dizer , por fazer.

Hoje , passados quase 2 anos desde a sua morte , sei que faço menos coisas mal , que deixo menos coisas por dizer àqueles de quem gosto, mas fico sempre com a estranha e dolorosa sensação de que passei 29 anos a fazer tanta coisa mal e que , apesar da minha tentativa de fazer melhor , continuo a não fazer tudo do melhor jeito.

O tempo tem tanto tempo. Será que tenho tempo suficiente para ser melhor e para fazer melhor?

É tempo de fazer e de ser mais e melhor!

 

 

 

 

segredo revelado:  “O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.”

É verdade que há muito tempo, mas também é verdade que , na maior parte do tempo, fazemos um mau uso do nosso tempo, ficando com pouco tempo para tudo aquilo e para todos aqueles com quem partilhamos o nosso tempo e um grande pedaço do nosso coração e pensamentos.

Tomar como garantido alguém na nossa vida , é das piores coisas que se podem fazer. Um dia a pessoa desaparece e muitas coisas podem ficar por dizer.

É tempo de fazer bem as coisas, optando por usar bem o nosso tempo.

21.07.10

(des)acordo ortográfico


segredo_revelado

 

Não sei o que pensam do acordo ortográfico todos aqueles que se habituaram, dando mais ou menos erros, a escrever a nossa Língua , mas eu, não sendo completamente contra ele, também não sou completamente a favor.

Reconheço que uma maior homogeneidade na Língua falada nos diversos PALOP, contribui em muito para uma melhor interacção(ou interação?) entre povos que ,se já não são povos irmãos , já foram parentes próximos.

Além disso , uma Língua que não acompanhe o avançar dos tempos e a mudança de hábitos, é uma Língua que se arrisca a ser tão morta e pouco apreciada como língua de vaca estufada, para quem não goste.

Ora , vamos lá então evoluir, que para a frente é que se caminha. Lá por concordar, em certa medida , que é importante evoluir, isso não quer dizer que eu venha a ser um dos que vai votar na inclusão da palavra ''mudasti'' no nosso dicionário. Que se seguiria a um simples e singelo ''mudasti''? Se calhar algum ''mékié'' ou coisa que o valha. Acordo ortográfico e evolução , sim. Bandalheira e exageros , não.

Novo acordo ortográfico em vigor. Se vai ser fácil adaptar-me (ou adatar-me? )? Talvez não, mas, se tiver mesmo que ser, não há-de ser impossível.

Impossível não será , mas....fico aqui com umas dúvidas acerca da forma como se vão escrever algumas palavras.

 

Vou dar um exemplo: A palavra ''pacto''. Ora, se ''comermos'' a letra cê do ''pacto'', eis que ficamos com um pato nas mãos( ou no monitor, ou na folha de papel). Situação estranha, querer assinar um ''pacto'' e acabar a ass(ass)inar um pato. Pobres pactos deste mundo , sujeitos ao inglório destino de passarem a ser uns patos que facilmente caiem no esquecimento.

Imaginem quão rdiculas seriam este género de situaões...

- '' Vamos assinar um pa(c)to contratual'' »»» Contratual é uma espécie de pato raro?!Não o assinem , metam antes um chip no pato.

- ''Meu amor , juro-te amor eterno. Vamos fazer um pa(c)to de sangue'.'»»»»» Que lindo! Um casal que partilha amor e tarefas culinárias. Pato de sangue é um pato de cabidela?Deve ser.

- '' Não pa(c)tuo com actos (ou  atos? mas Atos não era um dos Mosqueteiros?) desses!''»»»»»» Se há quem aja como uma galinha sem cabeça , é bom saber que há quem não queira agir como uma pata choca, se for confrontado com certos actos ( que não atam , nem desatam).

- '' O Pa(c)to de Varsóvia foi uma aliança militar de alguns países socialistas de Leste ''»»»»» Há patos valentes! Será que também existem patos que sejam alianças de casamento , em vez de alianças militares? Pensando bem, há casamentos que se transformam em guerras civis , onde não há pa(c)to que resista.

- '' PS e PSD fizeram um pa(cto) de não agressão política''»»»»»Mas que bem! Já sabíamos o quanto eles gostam de tachos, mas ainda faltava saber que até sabem cozinhar pato pacifista. Um pato de não agressão é um pato que não dá bicadas , ou é um pato de peluche?

 

 

Confusão danada que ia(ou vai) ser, não vos parece?

Longe de mim querer ser alarmista e causar algum tipo de pânico social, mas tenho um outro exemplo do quão difícil e confusa vai ser a implementação do acordo ortográfico: a palavra ''espectador''.

Em tempos de crise financeira e de acordo ortográfico , quem não pode comer marisco , ''come'' uns ''cês'' nas palavras. Se desatamos a comer o cê do espectador , faremos de milhões de espectadores, outros tantos milhões de espe(c)tadores. Espetadores?! Eilá, que isto é coisa para acabar mal ,no espeto.

Já basta que nos mandem apertar o cinto , para que agora ainda viremos espe(c)tadores da desgraça do vizinho do lado. Criam-se expectativas ( que, se alguém se lembrar, podem vir a ser ''espetativas'') no povo, mas depois acabamos é por sermos espe(c)tadores de promessas quebradas.Alguns desses senhores que prometem e não cumprem, é que eram bem espetados num pauzinho de louro, na posição típica do frango assado. Ai se eram!

A própria palavra ''telespectador'' assumiria uma nova forma de ser escrita , passando a escrever-se ''telespetador''. Telespetador? Ah, já sei o que é! É o sr do centro do reciclagem, aquele que ''espeta'' com as televisões no forno incinerador.

Há outros, mas esses não são bons chefes de família, nem benfiquistas, que quando o Sporting perde , ''espetam' um murro na TV e outros dois murros na mulher, como se a culpa fosse delas.

É a bem da segurança e estabilidade nacional que aconselho vivamente - depois de morto não aconselho mais- o nosso Governo a não implementar o novo acordo ortográfico. Depois não me venham cá chorar no ombro , a dizer que não avisei a tempo e horas!

Eu AVISEI!

 

 

 

segredo revelado: Meio a sério, meio a brincar, este novo acordo vai fazer a cabeça em água a muita gente. 

Se há pessoas que ainda hoje , volvida quase uma década desde a implementação do euro , ainda fazem contas em escudos, apesar de terem euros na carteira, então quanto tempo demorarão a reaprender a escrever?

Não é que o nosso povo seja um povo burro , que não é! Tem é alguma dificuldade , talvez por termos uma história tão antiga e recheada de feitos e conquistas, de aceitar e se adaptar às mudanças de hábitos, usos e costumes.

Diz o povo que ''burro velho não aprende línguas''. Estamos tramados!

Só vamos escrever correctamente ( ou corretamente?) lá para 2085, quando for feita a 35876ª edição d' ''Os Lusíadas'', a sua 1ª edição escrita com abreviaturas usadas nas mensagens escritas do telemóvel.

''O mar português'', poema de Fernando Pessoa , vai passar a ser escrito assim: '' Ó mar xlgad , kt do teu sal são lágrimx de Pt! Por t crzarmx , ktas mãex xoraram, kts filhx em vão rezaram...''.  Genial!

O Camões até vai desejar ter palas nos 2 olhos, para não ver acontecer tal coisa à obra do outro ilustre português.

 

  

19.07.10

Longe...


segredo_revelado

 

 

Se a saudade me invade ,

É para longe dela que eu fujo,

Até a um lugar onde eu caibo , mas ela não cabe.

 

Uma saudade que me envolve e me aperta,

Num abraço forte que me estrangula e faz crescer um nó na garganta...

Uma saudade que me ronda e me cerca,

Saudade que se deita comigo e comigo se levanta.

 

Sinto-lhe o respirar no meu pescoço,

O toque que me arrepia corpo e alma,

Tento resistir-lhe...não consigo, não posso...

Entrego-me ao silêncio que tanto fala.

 

Fujo para mais longe ainda, para lá do sol posto...

Aninho-me no meu canto, aquecido por memórias de tempos idos.

Uma..duas..muitas lágrimas descem-me pelo rosto,

Ao reviver momentos perdidos, mas não esquecidos.

 

Tal como ela, momentos que não vão voltar...

São momentos que não morreram, nem foram enterrados...

Se é verdade que existe Paraíso nalgum lugar,

Então vou fugir da saudade, procurando esse Paraíso noutros lados.

 

Se a saudade me invade ,

É para longe dela que eu fujo,

Até a um lugar onde eu caibo , mas ela não cabe.

 

 

 

 

 

 

segredo revelado: Poema escrito já há algum tempo, mas que permanece tão actual como então .

Distância...Saudade...

 

15.07.10

em destaque, eu?! Uaauu!


segredo_revelado

Hoje , ao fazer uma incursão aqui pelo meu segredo revelado, nem queria acreditar naquilo que estava a ler. Depois de esfregar nos olhos (mais de 5 vezes), de me beliscar , de pensar para comigo que não bebi bebidas alcoólicas, não tomei drogas legais ou ilegais, e não estava a sonhar, acreditei finalmente naquilo que se apresentava diante dos meus olhos. O meu blog está na lista dos 10 blogs em destaque. Uaauuu!
Para ser sincero , não sei bem quais são os critérios que presidem à escolha (ou não) de um blog para ser destacado na página principal do Sapo, mas, não vou negar, é com algum orgulho que me vejo por lá incluído.
Não sei até que ponto há algum mérito da minha parte para ter esse destaque, mas, como em tantas áreas da vida, os efeitos de uma maior exposição pública já se fazem sentir. Sentem-se ao nível de um enorme aumento do número de visitas; Sentem-se num maior número de comentários aos posts; Sentem-se em algumas adições ao grupo de blogs que alguns outros blogueiros seguem.
Como tenho a plena consciência de que este boom de visitas se deve muito a ter os holofotes apontados aqui , mantenho os pézinhos e as teclas bem assentes na terra , sem embandeirar em arco e sem ter grandes expectativas de que esta ''fama''- e todos nós sabemos que a fama é efémera- se vai prolongar por muito mais tempo.
Se isto fosse uma gala dos Óscares ou dos Globos de Ouro , ficava-me muito bem agradecer aos meus pais , ao irmão , aos sobrinhos , aos amigos a todos os conhecidos e até mesmo a alguns desconhecidos e a entidades divinas, mas não vou entrar nessa ''onda''.
Se isto fosse uma campanha eleitoral , prometia mundos e fundos, na esperança de cativar uns quantos votos, umas boas críticas, ou um bom ''tacho'', mas isto não é uma campanha eleitoral, nem eu tenho dotes de político.
Se isto fosse uma competição desportiva, ia tentar reforçar a minha equipa (blog) , na tentativa de continuar a caminhada nos lugares da frente da tabela classificativa.
Ora , como isto é apenas um destaque... como isto é apenas um blog, que faço eu?! Não me ocorreu melhor ideia do que ter escrito um post a falar sobre o assunto, pois , no fim de contas, se escrevo um blog e se foi pelo que escrevi que esse blog foi destacado , nada melhor do que honrar essa distinção com mais umas palavras escritas.
Nem sei bem a quem devo agradecer o facto de o meu blog ter sido destacado, mas fica feito o agradecimento. Obrigado! :))
 
segredo revelado: Mas que grande surpresa esta!
É curioso, mas precisamente numa fase em que me questionava se valia a pena manter este blog, que já há muito enveredou por um caminho muito diferente daquele que trilhou no começo, surge este ''prémio''.
Nunca escrevi nada que fosse particularmente destinado a atingir um vasto número de leitores, por isso até acho estranho o movimento de visitas que tem ocorrido desde o destaque.  Aliás , a própria  revelação da existência do meu blog , à imitação do seu nome , é um segredo revelado a pouquíssima gente, embora o blog seja público e facilmente acedido por qualquer um.
 É o meu ''cantinho de escrita'', onde mostro um pouco de mim, mais sério ou mais a brincar, o que me leva a dar conhecimento dele apenas a algumas pessoas com quem há alguma afinidade.
Sei bem que daqui por uns dias, passada esta ''febre'' de visitas, elas voltarão a ser reduzidas. Sei também que dessas visitas reduzidas , exceptuando os visitantes acidentais, a maioria é feita por pessoas amigas. É essa a minha motivação para, de cada vez que me dá na real gana, vir aqui ''postar'' mais qualquer coisinha (idiota).

12.07.10

o po(l)vo é que sabe


segredo_revelado

Têm visto os noticiários? Se viram , então também já perceberam o mesmo que eu. Os animais estão a virar estrelas mediáticas.

Depois de haver um cão que foi ao espaço, um cão que foi mordido por um homem , de ter havido uma vaca que ri , um porco que anda de bicicleta, só faltava mesmo um animal que fizesse isto. Um polvo que percebesse de futebol.

Não percebo o porquê de tanto alarido à volta de um polvo , de seu nome Paul, que não fez nada mais do que limitar-se a acertar em todos os resultados dos jogos do Mundial de futebol. 

De causar admiração até aos mais incrédulos , era se o polvo , além de adivinhar que a Espanha ia vencer o Mundial , previsse também que o Iker Casillas , o guarda-redes espanhol, ia dar um ''ganda'' xoxo na namorada dele, durante uma entrevista em directo para uma estação de TV , onde a boazona... uuups... jornalista boa profissional trabalha.

Há uma série de anos que já existem animais com uma espantosa capacidade de adivinhação .

Eu próprio( não, não vou assumir que sou um animal) , tenho animais com esse dom de preverem e anteciparem os acontecimentos, ainda antes de eles acontecerem.

Vou-vos dar um exemplo... Como já referi num post, desde há quase um ano, tenho um gato. Ora , o gato é bonitinho, é muito mansinho, é super asseadinho , embora isso já seja normal nos gatos...Resumindo, tenho um gato todo ele muito ''inho'', incluindo ser ladrãozinho. Pode ter a barriga cheia, pode ter a tigela  da ração cheia, que nem mesmo assim, se nos esquecermos de algo na mesa da cozinha,  ele resiste à tentação de roubar. Ao que parece , é algo que lhe está entranhado nos genes , essa vontade de roubar.

Se o roubo é algo que lhe está entranhado nos genes , que posso fazer para dissuadi-lo de roubar algo? Porrada nele , pois claro! Aquele gato é especial, pois, quando faz asneira. ainda nem eu cheguei junto dele, para lhe dar um belo de um sacode genes defeituosos (também conhecido por ''enxota moscas'') , já ele , adivinhando o que o futuro lhe reserva , foge para longe de mim. Tenho um gato adivinho. Espantoso , não acham? 

 

Além do gato, e porque a minha casa parece um mini zoo, tenho também 2 cães, um rafeiro minorca e um Husky calmeirão.

É de conhecimento geral que os cães são considerados o melhor e mais fiel amigo do homem. E são-no , de facto. Os meus cães são muito diferentes, diferenças essas que vão muito para além da raça e da envergadura física. O Husky faz-me lembrar aquele tipo de pessoas que são muito bonitas e vistosas, mas que são um bocado patetas. Ele é assim, lindo, com as suas orelhas à lobo e seus olhos azuis, mas é um pateta que só quer é comer e brincar. Se alguém me assaltasse a casa, ele , folião como é , era bem capaz de se entreter a brincar com os ladrões , sem emitir um único latido de alarme. Mas aquele cão tem um dom. É capaz de adivinhar a hora da refeição, mesmo que a refeição seja dada a horas completamente diferentes do horário habitual. Ainda a ração vai no adro (junto com a procissão), ainda longe dele, já o Tex pateta dá mostras de ter adivinhado que é hora da paparoca. Há coisas fantásticas , não há?

 

Para concluir, vou-vos falar , não de um outro animal meu, mas sim de uma abelha que todos conhecemos - a (abelha) Maya.

Não consigo evitar ficar surpreendido com os dotes da Maya, nomeadamente as pernas bem feitinhas. Vá-se lá saber como, a Sra., dia após dia, consegue adivinhar como vai correr o dia de cada um dos nativos dos vários signos do Zo(o)díaco. Como é que ela consegue , hein?

Tenho cá para mim, que ela tem um grande sexto sentido, muito apurado e sensitivo. E digo mais...acho que o tem no nariz! Já viram bem o nariz dela?! Aquilo é nariz de quem ali guarda uns quantos ''macacos'' e um enorme, como o nariz demonstra, dom para adivinhar coisas. Cheira-me que a minha teoria não deve andar muito longe da verdade dos factos.

Por falar em Maya, em signos e em previsões...Hoje, o meu signo, Carneiro, é suposto ter um dia muito inspirado a nível criativo, o que vai levar a que tenha ideias que os outros vão apreciar e elogiar bastante.

Ora, depois de terem lido este post , já é evidente que a 1ª parte da previsão , a que se refere a inspiração criativa , falhou completamente.  Resta-me , e para isso conto com a vossa colaboração , ter uns quantos comentários elogiosos ao post, ainda que sejam comentários mais falsos do que as jóias de metade dos famosos do jet 7 e quase tão exagerados como a quantidade de silicone que a Carla Matadinho meteu nas mamas. Volto a relembrar , como já fiz noutras ocasiões , que mamas não é um palavrão, mas sim o nome médico e correcto , que define essa parte da anatomia feminina.

Dito isto, findo o post.

 

 

 

segredo revelado: Ó valha-me alguém! Desde quando é que é notícia um polvo ter tido a sorte de ter adivinhado o vencedor de uns quantos jogos de futebol?!

Eu nunca estudei jornalismo , mas uma notícia assim mais me parece ser uma não notícia do que uma notícia.

Com uma situação económica , política e social tão agitada e complicada , deviam era informar a população sobre coisas que realmente importam ao mais comum dos cidadãos.

Andam 10 milhões de portugueses a querer saber como é o filho do Ronaldo, ninguém os informa...

Andam 9 milhões de portugueses a questionar se este Verão a Cinha Jardim vai ter um novo namorado , 20 anos mais novo, nenhum Telejornal fala disso...

Andam cerca de 5 milhões de portugueses (Deco , Pepe e Liedson incluídos) a roerem as unhas sem saberem como vai acabar uma das 100 novelas que a TVI passa seguidas , e , pasmem-se, não há informações a esse respeito! É inadmissível!

Ai senhores! Se falassem mas era de coisas que importassem , isso sim, isso era serviço público de televisão e de informação.

09.07.10

allo allo - uma série a sério


segredo_revelado

 

''Listen carefully, i shall say this only once''...

Uma série , entre outras , que recordo com saudade , é a série ''allo allo''. Muitas foram as gargalhadas que soltei ao ver essa série.

Passados vários anos, ainda me lembro dos nomes de muitas das personagens , assim como das divertidas frases que lhes eram inerentes.

Se vejo alguma reposição ou alusão à série , digo para mim mesmo aquilo que diria o monsieur Alphonse , o cangalheiro - ''Uuh my ticky ticker'', que é como quem diz ''ai a minha ''maquineta'' cardíaca está emocionada!''.

Á semelhança do que era retratado no programa - a invasão alemã- também a TV portuguesa tem vindo a ser invadida. Ligamos os televisores e somos bombardeados com séries e mais séries , muitas delas de qualidade e de gosto muito discutíveis. Se calhar, talvez por causa da idade ser outra- já não sou mais aquele adolescente imberbe que se divertia imenso a ver TV , nomeadamente o ''allo allo''- vejo cada vez menos tv. Das raras vezes que ligo a televisão, faço-o por um de três grandes motivos : futebol, uma boa série , telejornais ou algum talk show onde o humor se faça sentir. Ups, afinal são quatro os motivos. A matemática não é mesmo o meu forte.

Como o René , uma das personagens da série,  que tinha um coração tão grande, que se dava ao ''luxo'' de amar as 2 criadas, também eu me dou ao luxo de ''amar'' vários géneros televisivos, vários canais e vários apresentadores(as),actores e actrizes . Uma coisa me diferencia do René. Ele tinha um compromisso legal e religiso com a sua esposa , Edith, por isso ''amava'' as criadas em segredo. Eu , que nunca assinei nenhum contrato , nem nunca jurei amor eterno a qualquer canal ou série , é às claras que assumo as minhas predilecções televisivas.

 

 

Todos aqueles que , como eu , viram a série e gostaram , se devem lembrar das personagens alemãs. Herr Flick , Helga, Otto e o(u)t(r)os, simbolizavam o invasor, mas eram igualmente divertidos e desastrados nos seus intentos de recuperar o famoso quadro da Madonna das maminhas descaídas ( se esta Madonna fosse a cantora , volvida mais de uma década , o nome do quadro seria muito desadequado, pois as maminhas dela não parecem nada descaídas).

E os ingleses? Lembram-se deles? Só de me lembrar daquele sotaque british-afrancesado, já me rio. E que bem que eles se disfarçavam! Num dos episódios, aqueles mestres do disfarce , para passarem um posto de controlo das patrulhas alemãs, disfarçaram-se de cavalo. Se eu não soubesse que eram eles , até a mim me conseguiam enganar.

Edith, dona de uma voz de cana rachada; Fanny , sogra surda de René;  monsieur Leclerc (será o fundador dos hipers com o mesmo nome?)... Nomes de personagens que não mais esqueci.

Bem! Chega de saudosismos. Cada coisa tem o seu tempo de existir e de terminar, mas...

Com tanta porcaria ( a vontade foi de escrever ''merda'' , mas não se podem escrever merdas dessas num blog de gente séria) que passam na tv, sejam novelas , séries actuais , filmes mais que vistos e revistos, reallity shows sem jeito nenhum,... bem que se podiam lembrar de voltar a transmitir o ''allo allo' num dos canais de sinal aberto. Ao contrário do que os directores de programação dos canais possam pensar , nem todos nós temos acesso a canais como a RTP memória. Eu , por exemplo , sou um dos que não tem .

Sou pobretanas , não tenho a RTP memória , mas , felizmente , e se isso puder ser considerado um tipo de riqueza de algum género , sou rico por ter presente na minha memória séries tão boas como o ''allo allo''.

 

 

 

 

 

segredo revelado: Ainda há dias atrás , na semana passada , se não estou em erro , tive ocasião, juntamente com outras 2 pessoas, de recordar algumas músicas e programas de TV que pautaram a nossa adolescência.

Como é óbvio, ''allo allo'' veio à baila, tal como : Ponderosa, Modelo e detective, Esquadrão classe A , O justiceiro, 5ª Dimensão e muitos mais.

Ate houve quem se tenha lembrado da série ''Marés vivas'' , onde entrava a actriz Pamela Anderson. Não , não fui eu o 1º a lembrar-me!

Se há músicas que marcam momentos bons da nossa vida, também há séries que têm esse efeito , quanto mais não seja , pelo bem-estar e diversão temporária com que nos brindam.

Até os adultos mais sisudos e sérios, ao reverem séries dos seus tempos de jovens descomplexados e despreocupados , ganham logo um novo brilho no olhar e um sorriso nos lábios.

 

 

 

05.07.10

filho de mãe incógnita


segredo_revelado

 

Quem é a mãe do filho recém-nascido de Cristiano Ronaldo? Esta é a pergunta que anda nas bocas do Mundo.

Se alguém ousar perguntar isso ao Ronaldo , até sei qual vai ser a resposta dele : ''perguntem ao Queiroz!''. Se um treinador é visto como um pai de um grupo de jogadores , então isso faz de Carlos Queiroz um pseudo-avô da criança. Parabéns ao Queiroz e ao Ronaldo!

Ninguém estranha em ouvir falar de filhos de pai incógnito, mas este caso é original e bem diferente. Temos um pai famoso , temos um bebé famoso por ser filho de quem é , mas falta conhecer a identidade da mãe. Porque será que o Cristiano Ronaldo não revela a identidade dela? Cá para mim , deve ser porque ela não é top model. Vai-se a ver , o rapaz tem um fetiche qualquer com raparigas que não sejam russas, espanholas , portuguesas , nem top model, e tem vergonha de se assumir. ''Tadito''!

Em toda esta novidade da recente descoberta da parentalidade do CR9 , há uma coisa que me intriga. Opa, o rapaz até é bem parecido(dizem elas), é jovem , é bem sucedido profissional e financeiramente... Para que raio teve necessidade de recorrer a uma barriga de aluguer , pagando para poder vir a ser pai? O que não faltam , por esse mundo fora , são pretendentes, a custo zero , para serem a mãe de um dos filhos do futebolista mais mediático do planeta e arredores.  Esbanjador , é o que é!

A partir de ontem , depois da revelação bombástica de que já era pai , perde um bocado o sentido continuar-se a chamar ''puto maravilha'' ao Cristiano Ronaldo. O puto maravilha passa a ser o cognome do jovem herdeiro. Um bebé que nasce nas circunstâncias em que ele nasceu , não pode ter um outro nome senão puto maravilha, né?

 

 

Lembram-se de o Ronaldo , em pleno mundial de futebol , ter dito que os golos são como o ketchup, quando sai um , saem logo muitos? Espero bem que essa lógica não se aplique ao acto de fazer filhos . A quantidade de dias de licença de paternidade que ele iria precisar , obrigá-lo-ia a reformar-se da carreira de futebolista profissional, passando a ser um pai profissional.

Não é de admirar que ele tenha feito um mundial abaixo das expectativas... Aquela cabeça só devia estar concentrada era na escolha das marcas publicitárias de artigos para bebé, com as quais iria assinar mais uns quantos contratos milionários. No meio de tamanha concentração e ansiedade , quem é que consegue jogar alguma coisa de jeito?! Poucos.

Fontes próximas (da nascente da água do Luso) , já vieram afirmar que o nome da criança não foi escolhido pelo pai , mas sim pelo seu empresário Jorge Mendes. Ao que parece , o jogador estava ocupado a comprar  2 pares de brincos novos , um para ele mesmo , outro para o ''rebento'', pelo que não tinha tempo para escolher o nome.

Apesar de ainda não haverem imagens do bebé , supõe-se que ele seja careca , pois ninguém da família Aveiro foi visto a comprar mais gel do que é habitual.

Censure-se ou não a atitude do jogador , e porque a taxa de natalidade em Portugal anda muito baixa , é sempre de louvar o nascimento de mais uma criança. Com uma coisa não vai ele ter que se preocupar , com falta de dinheiro para papas, fraldas e roupas. Com um porquinho mealheiro tão recheado como o do pai , o puto pode até abdicar do leite de pacote , optando por mamar nas mamas de uma das dezenas de namoradas que atribuem ao pai.

Vai ter uma infância tão feliz!

 

 

PS: Em exclusivo e em estreia mundial , deixo-vos uma foto do filho do Ronaldo. Reparem bem nas parecenças...

Emplastro : ''Ronaldo é meu pai.. Ronaldo é meu pai!''  loooooool....

 

 

segredo revelado: Cada um é livre de fazer o que bem lhe aprouver , incluindo pagar a alguém para carregar na barriga um filho que essa mãe nunca mais verá, mas não será tudo isto apenas um capricho?

Parece-me que é , mas quem sou eu para julgar alguém que nem conheço.

Se algum dia ele resolver adoptar um filho , vou ser dos primeiros a voluntariar-me para ser adoptado. Com um pai assim , nem preciso ir pedir dinheiro ao BES.

 

 

02.07.10

''perguntem ao Queiroz''


segredo_revelado

 

Posso escrever um bocadinho sobre o desaire da selecção nacional , posso?

Não faço ideia da resposta que dariam à pergunta, mas , fosse sim ou fosse não , preparem-se...

Sou um adepto desse desporto colectivo a que chamam futebol, mas isso não faz de mim um grande entendido na matéria, pelo que a minha opinião vale o que vale.

Ontem , ao ver os serviços noticiosos , constatei que há muita gente a querer ver o professor Carlos Queiroz a navegar para fora do cargo de seleccionador nacional. Opá , não façam o comandante da  nau-selecção , passar a ser o náufrago que vai dar à costa (talvez do Marfim , ou de Moçambique).

Há que reconhecer os méritos do professor. Pode não ser um bom seleccionador...pode não ter as decisões mais acertadas...pode até nem conseguir motivar os portugueses para meterem bandeiras à janela, que nem assim mesmo deixa de ser um visionário.

Alguém viu o Hugo Almeida dar mostras de sinais de cansaço? Não? Pois , eu também não, mas que percebemos nós de futebol e de gestão de esforço? Só um ser ''iluminado'' e visionário como o Prof.. Queiroz viu o cansaço daquele jogador que , e cada um pensa aquilo que quer , estava a ser um dos melhores jogadores lusos.

Dizem as más línguas , as mais viperinas do país e do mundo , que o seleccionador dos navegadores foi um dos grandes responsáveis pelo afundamento precoce da embarcação lusitana , incapaz de resistir à armada espanhola. Meteu água ! Perdeu o Norte!

 

Já se sugere que o sr vá treinar equipas de matraquilhos ,já que de futebol pouco percebe. Matraquilhos?!! Estão a brincar! Se o homem achou o Hugo Almeida cansado, então que achará dos estáticos jogadores que fazem parte do jogo de matrecos? Aos 2 minutos já ele tinha substituído todos os jogadores...2 vezes!

''Se algum jogador for grande demais para conseguir vestir a camisola de Portugal  então não faz falta'' - palavras do professor .

Ó professor , francamente! Fica-lhe  tão mal discriminar as pessoas que usam tamanhos grandes e que são anafaditos. Se o Miguel e o Miguel Veloso conseguiram vestir a camisola das quinas , então até o Fernando Mendes e o Malato conseguem.

Por falar em tamanhos...Então mas afinal o tamanho conta? Terá sido por isso , pela falta de envergadura física que não foi seleccionado o João Moutinho? Ele é pequeninito, mas com uma camisola tamanho Small , nem havia o risco de andar a jogar e a pisar camisola , por esta lhe ficar larga de mais.

Diz o selecciondor que não tem de ser amigo dos jogadores , mas sim conquistar o seu respeito. Boa! Até concordo. Só não concordo que , se for verdade o que vinha ontem noticiad no Coreio da Manhã, que o seleccionador ganhe 15 vezes mais que o Presidente da República. É uma vergonha , caso isso seja verdade. Afinal não estamos em crise? Já podiam ter dito.

Chega de falar de tristezas. Em breve , já no próximo mês de Setembro , tem inicio a fase de apuramento para o Euro 2012 e , dependendo dos resultados conseguidos , as bestas podem voltar a serem bestiais.

Até lá , ainda esta polémica vai dar água pela barba.

 

 

 

segredo revelado: No futebol, como em tantas outras áreas e aspectos da nossa vida , é impressionante a facilidade e ligeireza com que se passa de besta a bestial, e vice-versa.

É verdade que ninguém pode acomodar-se às conquistas do passado , deixando de ''lutar'' com todas as forças para atingir novas vitórias, mas também é verdade que alguém que ao longo dos anos sempre foi considerado um bom profissional, não deixe de o ser por causa de umas decisões menos bem conseguidas.